Archive for the 'Terminologia médica' Category

07
jul
10

Você visita um médico no consultório?

Gente, eu não resisti. Cliente novo manda trabalho e TM (pra quem não sabe, memória de tradução) de cliente final empresa médica multinacional. Assunto: estudo clínico. É um tal de visita pra lá, visita pra cá, para traduzir “visit”. Vou lançar um movimento anti-visitas aos médicos. Falando sério, você liga para o consultório do seu ortopedista para marcar uma visita ou uma consulta?

Querem ver a salada complicar? Meu marido é médico, e ele sai todo dia de manhã para passar visitas (“round”, em inglês).

Estou me mordendo pra mudar a terminologia desse projeto… estou só esperando aparecer um investigador principal (“Principal Investigator”), já apareceu consentimento informado (“informed Consent”), mas desses termos falo aqui um outro dia, tenho que voltar para o batente.

Anúncios
05
jul
10

Terminologia para leigos e profissionais de saúde

Então tá, você recebeu uma tradução médica, mas quem é seu público-alvo? A terminologia e o registro são completamente diferentes, dependendo de quem vai ler o texto. Pensar no público-alvo é uma necessidade que deveria permear o cotidiano de qualquer tradutor, mas eu vou falar rapidinho aqui da tradução de medicina. Esse tema dá pano pra manga, e devo voltar a ele de tempos em tempos, este post é só um aperitivo.

É um manual? Pra quem, para um técnico de radiografia ou para o paciente com diabetes que tem que usar um monitor de glicose? É uma bula? Pra quem, para a mãe que dar o remédio para o filho ou para o anestesista em sala de cirurgia? E o questionário, quem vai responder? Os pesquisadores ou os pacientes?

Outro dia revisei uma tradução em que a pessoa falou de cefaleia num texto para pacientes. Se você não é da área médica, você sabe que treco é esse, sem olhar no dicionário? Uma simples dor de cabeça. Por outro lado, revisei outro texto, para profissionais de saúde, em que o tradutor disse que o paciente “consumia benzodiazepínicos fortes”. Paciente não “consome” remédio e o remédio não é forte, é potente, oras!




Anúncios